Salário de R$ 33,7 mil de Aécio será mantido, mas com desconto

Por Notícia ao Minuto 14/06/2017 - 23:53 hs
Foto: Retus

Por meio de uma nota emitida na tarde desta quarta-feira (14), a assessoria do presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), informou que o salário R$ 33,7 mil que o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG) recebe será mantido. O tucano terá descontadas apenas as ausências em sessões deliberativas, que ele está proibido de participar, e alguns benefícios.

A decisão contraria um documento enviado pela própria assessoria ao ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello, que dizia que o pagamento da remuneração de Aécio Neves havia sido suspenso, entre outras providências.

A nota de esclarecimento foi divulgada após uma reunião de Eunício com Marco Aurélio Mello.

Além do desconto no salário, o Senado suspendeu a verba indenizatória do parlamentar e recolheu o veículo oficial utilizado por ele, segundo o G1. A verba indenizatória é destinada ao custeio de atividades relacionadas ao mandato, como passagens aéreas, gastos com telefonia, alimentação, entre outras despesas.

Veja parte da nota divulgada pelo Senado e obtida pelo G1 acima.

O nome de Aécio foi retirado do painel de votações e da lista dos senadores em exercício.

O ministro Edson Fachin, relator da Operação Lava Jato no STF, mandou afastar o senador depois de ele ter sido gravado pedindo dinheiro ao dono da JBS, Joesley Batista, um dos delatores da Lava Jato.